mar
20

A Importância de Investir em Benefícios: Tão Importante Quanto o Salário

beneficios...

Um bom plano de saúde, que ofereça ampla rede de atendimento em instituições de qualidade para realização de consultas, exames e internações, e ações que ofereçam suporte para que os colaboradores levem uma vida mais saudável podem fazer a diferença na hora em que o profissional precisa decidir se fica na empresa ou aceita uma proposta de trabalho. Pesquisa feita por companhia do ramo de seguros e benefícios presente em mais de 50 países, mostrou que 72% dos colaboradores permaneceriam mais tempo na empresa atraídos por bons benefícios, especialmente os que focam em saúde e qualidade de vida e vão além do que é exigido por lei.

Os tradicionais planos de saúde e de participação nos lucros continuam entre os mais ofertados, mas é crescente o número de companhias que apostam em benefícios diferenciados como uma maneira de enfrentar a concorrência e reter talentos.

Muitas  empresas já  estão  indo além do retorno financeiro. Oferecendo apoio psicológico, inclusive para questões pessoais, e consultoria jurídica, como a revisão de contratos de aluguel, para os colaboradores e familiares. Garantir a satisfação dos colaboradores é importante para reter talentos e atrair gente nova para a empresa.

Além dos benefícios tradicionais  muitas  empresas tem  tomada algumas  decisões como forma de melhorar a qualidade de vida, oferecendo a opção de jornada flexível para que os funcionários possam escapar do trânsito no horário de pico. Não importa em que horário o profissional venha para a empresa, o importante é entregar o trabalho; não vivemos em um regime militar. Empresas também disponibilizam uma sala de relaxamento, e de jogos, onde os colaboradores podem descansar após o  almoço recarregar as baterias ou esperar o trânsito diminuir para voltar para casa.

Muitas empresas  ao invés de ficar tentando pagar altos salários  para  reter talento,  estão  investindo  em  benefícios, o  que  para o  empresário  é  altamente melhor  já que  não  precisão de  pagar  os impostos que teriam  de pagar   no  salário,  e  melhor, pode ser  deduzido  no  imposto de renda da empresa. E o  funcionário  tem  o  que  quer,  qualidade de vida e não importa se  vem no  salário ou  no  benéfico.

Fonte: Canal RH

Encontre-nos no Google+ Sou o criador e editor do blog, e tenho como objetivo informar, esclarecer, ajudar, tirar duvidas, apresentar matérias relacionada as área de recursos humanos, psicologia organizacional.

Escrito por Flaudimir Andrade. postado em Recursos Humanos

Tags: , ,

Trackback from your site.

Leave a comment

Responda abaixo * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

%d blogueiros gostam disto: