mar
15

Esta com Duvidas no Seguro-Desemprego?

carteiraCom tantas duvidas sobre  o seguro desemprego,  nos últimos  meses, devido  as  mudanças, resolvemos ajudar  a entender as  novas regras e esclarecer  algumas antigas. As mudanças tem como principal objetivo acabar ou pelo menos diminuir, os acordo entre empresa e empregado, os famosos acordos que um tende a ajudar o outro para sacar o seguro desemprego e em seguida continua trabalhando sem vinculo na empresa, e só depois de receber, volta a assinar a carteira e muitas vezes na mesma empresa.

Outro problema também é o empregado que já entra na empresa visando o seguro desemprego, estes profissionais custa esperar os seis meses atuais para ter direito ao seguro desemprego.  Além de dar prejuízo para o Governo, também causas diversos problemas financeiros e operacionais para o empregador.

Visando resolver estes problemas no País, nossos governantes elaboraram estas alterações nas Leis trabalhistas. Para quem leva seu emprego a sério, dificilmente serão prejudicados. As alterações são as sequentes:

  • O período de carência passa de seis meses, para 18 meses na primeira solicitação,
  • Para 12 meses na segunda.
  • A partir da terceira, o prazo cai para seis meses.

Obs.: Temos que lembrar que só tem direito ao seguro desemprego novamente depois que você trabalhar pelo menos 18 meses registrado, após ter recebido a ultima vez.

Fiquem tranquilos, os profissionais que já estão no mercado de trabalho. Afinal estas novas normas só afetará quem esta entrando no mercado agora, ou que já esta ou já recebeu o seguro desemprego, não muda nada como pode ser avaliado nas Leis anteriores e atuais.

Retomada do Seguro Desemprego:

Caso um profissional arrume um novo emprego durante o recebimento do seguro desemprego, como sabemos o seguro é suspenso.  Mais não fique preocupado, pois se você for demitido sem justa causa do novo emprego antes de 16 meses, você pode resgatar as parcelas anteriores que ficou faltando. É só procurar o mesmo órgão que você deu entrada anteriormente, e pedir o resgate das parcelas faltantes.

Fiquem atento as próximas matérias:

  • Abono do PIS/PASEP menor
  • Pensão por morte proporcional
  • Auxílio-doença

Duvidas? Perguntas? Deixe  seu  comentário abaixo…

 

 

Encontre-nos no Google+ Sou o criador e editor do blog, e tenho como objetivo informar, esclarecer, ajudar, tirar duvidas, apresentar matérias relacionada as área de recursos humanos, psicologia organizacional.

Escrito por Flaudimir Andrade. postado em Psicologia organizacional, Recursos Humanos

Tags: , , , ,

Trackback from your site.

Comments (1)

Leave a comment

Responda abaixo * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

%d blogueiros gostam disto: