dez
18

Como fazer uma carta de demissão

demissão

São diversas as as razões para um profissional pedir seu desligamento de uma empresa. Seja por pura insatisfação com o trabalho que executa no dia a dia, pela relação com o chefe, ou ainda por ter conseguido uma oportunidade melhor em outra organização, a hora de pedir as contas tem algumas regras corporativas, e até mesmo de etiqueta.

Para auxiliar neste sentido, a carta de demissão é o recurso padrão usado pelos RHs e funcionários para formalizar o procedimento de desligamento. Confira, abaixo, como produzir este documento e alguns modelos que podem ser utilizados, dependendo da escolha do profissional.

Dicas para elaboração

 É importante deixar claro que a carta de demissão não deve ser um instrumento para aparar arestas ou lançar críticas a superiores ou colegas, mas sim exclusivamente de anunciar a saída da organização – quanto mais objetiva for a carta, mais chances de sucesso.

Ao invés de relatar conflitos ou rusgas durante o período como funcionário, prefira redigir a carta de maneira positiva. Busque relatar o lado bom da relação construída entre empregado e empregador, apresentando também gratidão pela oportunidade oferecida e pela experiência adquirida para sua carreira.

Sempre deixe as portas abertas, independentemente do desgaste pessoal que possa ter existido ou insatisfação com a empresa no momento. Escrever uma carta de demissão nestes moldes faz com que seja possível o retorno na organização no futuro.

Exemplos de cartas de demissão

O documento sempre deve ter duas vias (uma para a empresa e outra para o profissional), com a possibilidade uma terceira cópia que, em alguns casos, pode ser direcionada para o sindicato. Normalmente a carta é escrita a próprio punho, pois desta forma a empresa se resguarda da possibilidade do empregado alegar que foi coagido a pedir as contas.

Após a produção, a mesma deve ser direcionada ao departamento pessoal da organização. Confira, na sessão downloads, alguns exemplos de como redigir uma carta de apresentação:

Encontre-nos no Google+ Sou o criador e editor do blog, e tenho como objetivo informar, esclarecer, ajudar, tirar duvidas, apresentar matérias relacionada as área de recursos humanos, psicologia organizacional.

Escrito por Flaudimir Andrade. postado em Psicologia organizacional

Tags: , , , ,

Trackback from your site.

Leave a comment

Responda abaixo * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

%d blogueiros gostam disto: